Você sabia que pets e humanos tem sinais parecidos de depressão?

Cães de pequeno porte podem ter mais predisposição? Na maioria das vezes estes pets menores ficam dentro das casas e próximo a seus donos, e algumas vezes até dormem na mesma cama que os tutores, o que dificulta a separação, podendo gerar depressão ou ansiedade por separação.

O que é a depressão?

Quando um animal fica sob uma situação estressante (como algumas fobias, abandono, solidão, mudanças de rotina, maus tratos, ou até mesmo a morte de uma pessoa ou animal presente em sua convivência diária), ele se torna um animal extremamente ansioso, o que o torna estressado, e consequentemente ele passa a parar de ter apetite, e começa a ficar sem qualquer tipo de reação (apático).

Quais os sinais que meu pet poderá apresentar?

  • De maneira geral, o animal fica com um ar triste
  • Há uma grande falta de apetite, causando um grave (e notável) emagrecimento
  • Ele passa a ignorar brincadeiras e passeios que antigamente adorava
  • Principalmente: O pet se isola, tenta permanecer na casinha e longe de todos
  • Pode apresentar automutilação (morde seus próprios membros e se machuca)

depressão

Mas, meu pet não apresenta nada disso, e foi diagnosticado com depressão, o que fazer?

Provavelmente seu pet demonstra isto de outra maneira, um jeito que apenas Veterinários da área de Bem Estar Animal conseguem perceber.

Mas calma, não se preocupe, o melhor a se fazer é levar seu pet a um Médico Veterinário, para que ele possa descartar qualquer outro tipo de doença, como alguns problemas hormonais (hipotireoidismo também causa apatia nos pets, hipertireoidismo causa emagrecimento progressivo, dificuldade de engordar), ou então ele pode diagnosticar alguma doença primária que poderá desencadear a depressão.

O tratamento é receitado pelo MV, e o animal deve ser tratado com cautela, provavelmente algumas medidas alternativas como, ajudar o seu pet a se sentir mais confortável com a sua ausência, evitar deixar ele por longos períodos sozinho, ou até mesmo deixá-lo estressado por outros motivos, ajuda no tratamento.

Lembre-se: Esta doença não é brincadeira, por isto, trate seu cão ou gato com seriedade se estiver realmente doente.

Fontes: Portal pets   Cachorro gato  Tudo sobre cachorros