Você sabia que aerofagia é um sinal de estresse?

O que acontece é que normalmente estes animais passam muito tempo em cocheiras, e isto acaba os deixando ansiosos e estressados, e acabam desenvolvendo certas manias para fazer com que o tempo ”passe”. Uma destas manias é a aerofagia, que nada mais é que o fato do animal engolir ar. Normalmente o primeiro sinal clínico que o animal apresenta é o fato de tentar morder a porta da cocheira, ou a madeira que fica ao redor, no intuito de apoiar seus incisivos em algum objeto para conseguir arquear o pescoço e contrair os músculos do pescoço (cervical), e para conseguir fazer a movimentação da laringe.

aerofagia

A causa desta doença ainda não foi 100% definida, porém vários cientistas acreditam que isto ocorra por um mau manejo dos animais, em que ficam por muito tempo dentro de suas cocheiras, que podem estar sem a quantidade correta de alimento, ou então ficam por muito tempo sem atividades físicas.

Como identificar a aerofagia?

Os sinais são bem claros, o animal apresenta a mimica (o fato de travar os dentes na madeira para engolir o ar), emagrecimento contínuo, podem apresentar também alguns quadros de cólicas, gases, e até mesmo certa queda no desempenho.

O que fazer?

O tratamento basicamente consiste em mudança de manejo dos animais, tanto na parte física, onde, os animais devem permanecer mais tempo nos piquetes (livres para se exercitar) do que nas cocheiras, quanto na parte alimentar, na qual deve-se observar se a quantidade de alimento volumoso (feno), que está sendo administrada é o suficiente para aquele animal, caso não for, deve ser administrado mais alimento, isto ajuda com que o animal se distraia com alguma coisa quando estiver dentro da cocheira.

  • Porém tome cuidado com esta medida alimentar, o aumento na quantidade deve ser feito apenas se notar que o animal ainda está com fome, caso contrário não deve ser administrado em maior quantidade, pois pode acabar engordando o animal (o que neste caso não é o necessário).

 

Fonte: ABTBTreinadores e Comportamento equino