Descubra a relação entre mau hálito, tártaro e doença periodontal

Se seu pet nunca fez limpeza nos dentes, você provavelmente já deve ter sentido um cheiro bem forte de mau hálito, e deve ter notado que os dentes dele estão sempre bem sujos, como se precisassem ser escovados diariamente. E deve ter se perguntado o que é que poderia estar causando todo esse mau cheiro. Bom, não podemos afirmar que seu pet tenha doença periodontal, mas, leia um pouquinho mais sobre como proteger seu pet desta doença e dos tártaros!

A doença periodontal atinge o periodonto, ou seja, a gengiva e os tecidos de sustentação dos dentes, é provocada pela presença de tártaros, ou, placas bacterianas, que geram o mau hálito nos pets. É uma doença extremamente comum tanto para animais jovens, quanto para mais velhos, e deve ser tratada, pois tem carácter progressivo, ou seja, se não for tratado, a tendência é apenas piorar o caso e o mau cheiro.

doença periodontal

 Mas, tirando o mau cheiro, o que mais isto causa?

Além de todos os danos da cavidade oral, como o mau cheiro, inflamação da gengiva, perda dos tecidos que sustentam os dentes (e por consequência, perda dos dentes), pode causar também alterações nos fígados, rins, articulações, meninges (cérebro), pulmões, e até mesmo endocardite bacteriana (infecção em uma das camadas que reveste o coração), isto ocorre pelo efeito sistêmico, as bactérias da placa bacteriana, bem como os seus subprodutos e toxinas, podem ganhar a corrente sanguínea e atingir o organismo todo. Normalmente isto não causa dor, apenas quando está em estágio avançado, onde causa certo desconforto no animal por conta da mobilidade dos dentes por falta de ”apoio”.

Como esta doença avança?

Estas bactérias fazem parte do ambiente bucal, ou seja são parte da microbiota oral, e normalmente precisam de um espaço de tempo de 1 a 2 dias para se desenvolver, sendo assim elas vão se depositando e formando a placa bacteriana, se não ocorrer certa higiene do local durante este espaço de tempo, a placa se adere aos dentes e inicia seu processo de instalação, gerando a doença periodontal.

Com o primeiro contato entre as bactérias e a gengiva, o organismo envia células inflamatórias a fim de combater estas bactérias, e este processo é chamado de gengivite, quando o corpo tenta combater a bactéria presente na gengiva, gerando uma inflamação. Caso ela não seja tratada com o uso de antibióticos e limpeza do local, haverá uma evolução para a inflamação dos tecidos que sustentam os dentes na boca, este processo é chamado de periodontite, que possui três fases, a inicial, a moderada e a avançada, conforme o avanço os tecidos do periodonto sofrem reabsorção e então os dentes passam a cair por falta de sustentação.

 

Quando devo levar meu pet ao veterinário? Como tratar?

Os primeiros sinais são o mau hálito, e a gengiva inflamada (normalmente na borda dos dentes ela ficam bem mais avermelhada do que no resto), este seria o momento para levar seu pet ao veterinário, pois assim a doença pode ser tratada do início. O veterinário fará uma limpeza dentária (dessas que a gente também faz no dentista), porém como os pets são agitados, este procedimento é feito dentro de um centro cirúrgico, e com anestesia geral do paciente, o que normalmente dura cerca de 40 minutos, além disso ele passará alguns medicamentos. O paciente volta para casa no mesmo dia, e não possui nenhuma alteração na sua dieta!

Tem alguma forma de prevenir a doença periodontal?

Sim! A melhor forma é fazer a escovação diária dos dentes dos seus pets, o simples ato de escovar os dentes promove a desestabilização das placas bacterianas, que não conseguem se instalar nos dentes, evitando assim que elas se acumulem e possam afetar os tecidos e a gengiva. Além disto, existe no mercado alguns produtos que podem ser misturados na água ou na ração, além dos famosos biscoitinhos para limpeza dentária, existem também alguns brinquedos que possuem relevos que também podem ajudar na limpeza dentária, como estes abaixo:

periodontalQue tal levar seu pet para um veterinário para ver se ele não precisa fazer alguma limpeza??

Lembre-se que as consultas periódicas são fundamentais! 

Fonte: IDMEDPET