Por que e quando devo fazer a vermifugação de meus cavalos?

A vermifugação em potros pode ser iniciada aos 60 dias de vida do animal, e deve ser repetida a cada dois ou três meses. E deve ser feita uma rotatividade consciente dos vermífugos para que não ocorra resistência parasitária.  Para animais adultos recomenda-se a repetição de doses entre três e quatro meses.

Mas, como saber se a vermifugação do meu animal está sendo eficiente? 

É simples, basta pedir ao seu Médico Veterinário de confiança um exame coproparasitológico, ou seja, um exame das fezes do seu animal, se houver a presença de parasitas, a medicação que está sendo utilizada, ou o plano de vermifugo não está sendo eficiente, por isso deve ser alterado conforme necessidade (ou seja, conforme a classe de parasitas que foram apresentados nas fezes, pois o vermífugo que está sendo utilizado não está sendo suficiente contra aquele tipo de verme).

Por isto, a Calbos tem uma linha completa de vermífugos que podem ser administradas para o seu animal:

HIPOFEN – Antiparasitário específico para equinos e asininos que contém em sua formulação o febendazol, age contra nematódeos e pequeno estrôngilos. Indicada conforme o peso do animal.

 

Hipofen_cx

 

IVERMIN PASTA ORAL – Pode ser administrado em éguas prenhas, é eficiente contra grandes e pequenos estrôngilos e contra a habronemose. A dose indicada é conforme o peso do animal.

Vermifugação

 

VERMICAL – Antiparasitário muito utilizado para infestações por ascarídeos, vermes nodulares e vermes filamentosos. Possui ampla margem de segurança. Controla as diarreias provocadas por uma infestação maciça de vermes, associada a agentes bacterianos.

 

Vermifugação

 

ENDOSTAC – Ação ovicida, larvicida e adulticida . Único Albendazol em pasta do mercado. Indicado para nematódeos gastrointestinais e para pequenos estrôngilos.

 

Vermífugação

Com toda essa variedade de produtos Calbos é impossível não deixar seu cavalo protegido contra parasitas!

Fonte: Hospital Veterinário UPF